Qual é a sua crise?

c1cb00f5d332cdc87a0f8db65b40af1f

Alguns preocupam-se com o planeta, recursos escasseando.
Outros com este Brasil desigual, deseducado e aquém de seu potencial.

Alguns de nós sofrem ao andar em nossas ruas, seja por crise hídrica, violência, estagnação.
Outras vezes, a dor é na família. Separação, morte, loucura, doença.
Ou um trabalho que não realiza, um chefe difícil, um salário insuficiente para os sonhos.

Mais dentro, mais fundo ainda, nossas crises mais íntimas:
Gostar-se.  Expandir-se. Amar e ser amado. Pertencer.  Subsistir. Alegrar-se.

Não importa a geografia, a cor da pele, a língua materna. Somos todos humanos.

Qual é a sua crise?

Crise é oportunidade, diz o clichê.
Sábio clichê.
Mas como tudo que é superficial, não dá conta dos riscos da travessia.

Mesmo que se vislumbre os benefícios de enfrentar a crise, como atravessar o medo e a ansiedade?
Como chegar na outra margem, mais confiante, mais feliz, mais inteiro?

Responsabilidade.
Confiança.
Gentileza.

Assim acreditamos.

Responsabilidade que é habilidade de responder. Chamar para si o que está ao nosso alcance. Abandonar o que está além de nossos limites.
Andar firme no caminho do meio entre onipotência e impotência.

#1. Pergunte-se: O que posso fazer a respeito desta crise?

Confiança que é escolher a esperança.
Fé, entrega, resiliência.  Buscar colaboradores, buscar pontos de apoio para firmar-se.
Confiança que é despir-se das máscaras e anestesias, para entender o que realmente dói e o que realmente importa.
Criar coragem para fazer o mais certo para si e para o mundo.

#2. Forme uma imagem de como estará quando tiver tido êxito em atravessar a crise.

Gentileza consigo.
Cuidar-se. Apreciar-se com imperfeições. Honrar aprendizados. Ser grato pelo que recebeu.

Gentileza com o outro.
Desenvolver empatia: como é vestir este sapato alheio, saber suas dores, seus sentimentos?
Quem é meu irmão, companheiro possível de travessia?

#3. Identifique seus parceiros: Quem pode me ajudar na minha crise? Quem posso ajudar na sua crise?

Não é fácil. Ser feliz dá trabalho.
Mas um herói é aquele disposto a enfrentar sacrifícios por uma causa maior.

Qual é a sua causa? Qual é a sua crise?

Deixar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*