“O que vou ser quando crescer?”

Quando éramos crianças nos permitíamos sonhar: “médico”, “piloto de avião”, “tratorista”, “independente”.

Cada um responde o que quer e sente, baseado no que conhece e admira.

Passa o tempo, aprendemos muitas coisas. A ler, escrever, criar, inventar, ajudar.

E aí, a vida fica mais complicada.

Aprendemos que é preciso ganhar dinheiro e escolhemos um ofício. Encontramos realidades que nos fazem formar paradigmas, crenças, medos. E nossos sonhos, muitas vezes, podem ser soterrados.

Aí entra o Odisseia.  Para quem quer ser herói da própria história. Reconhecendo quem somos e escolhendo como contribuir com nosso melhor para o mundo.

É possível construir uma carreira em que realizemos nossos sonhos.

Em nós podem viver em harmonia nossa pessoa física e nossa pessoa jurídica.

Vivendo o que nos entusiasma, podemos ser mais realizados e satisfeitos.